Você conhece a sua melhor versão?

Você conhece a sua melhor versão?

Hoje estou aqui para falar de saúde, vício e potencial. Independente de emagrecer ou não, estar sarado ou não. Como está a sua saúde? Quais os seus desafios? E seus vícios? Você conhece o potencial que tem dentro de você?

Atendo pessoas diferentes, com muitos desafios, dos mais estranhos aos mais comuns, como o caso do vício do doce. E você? Qual é o seu vício? Qual é a pedra maior e mais pesada do seu caminho? Sabia que este vício pode ser a causa de muitos desequilíbrios e a principal causa de você não conseguir a saúde que poderia ter?

Faça um exercício agora! Aqui comigo.

Pense qual é o seu maior vício, qual é o seu maior desafio. Seja sincero com você mesmo. Existem diversos deles, correto? Mas escolha o pior!

Escolheu?

Agora pense quais as situações que levam você a cometer tal comportamento. Onde normalmente você está? Como está o seu humor neste momento? Quais as pessoas que geralmente estão com você ou você está sozinho?

Agora eu te pergunto. Qual a sensação após você sentir o “alívio” do momento em que escorregou feio no seu vício? Como você se sente? Geralmente o que meus pacientes me relatam é que sentem tremenda culpa e arrependimento. Muitos relatam que nem valeu a pena, que se sentiram muito mal e que ainda notaram o quanto poderiam ter se comportado de outra forma. Alguns até falam que o sabor nem era tão bom, perceberam que aquele alimento ou bebida poderia ser riscado do seu diário alimentar.

O vício é tão sacana que muitas vezes as pessoas só de dão conta que caíram na armadilha depois de já terem cometido o deslize. Isso faz sentido para você?

Agora pense. Se não vale a pena, se você não se sente bem, se você ainda fica culpado e arrependido, por que esse vício ainda tem tanta força?

Se você já sabe as situações que te levam ao vício, que tal evitar tais situações ou ao menos se preparar antes de se colocar tão vulnerável? Mude o caminho, mude o ciclo de pessoas, mude você primeiro e assim poderá inclusive influenciar outras pessoas a fazer o mesmo. MUDAR.

Você deve estar pensando agora. Mas são meus amigos. Minha família. Meus colegas de trabalho. Ok, concordo, então MUDE o SEU comportamento perante as pessoas, este está ao seu alcance e só você pode fazer diferente, o mundo aí fora vai continuar o mesmo, é você quem precisa agir de outra forma.

No início você poderá ser muito criticado, então meu conselho é MUDAR sem dizer que está mudando. Ninguém precisa saber o que você está fazendo. Você pode ser muito discreto, sutil, sem ficar pregando que agora você é fit e não come mais açúcar. Pode fazer isso discretamente sem que ninguém veja. Será muito mais fácil do que precisar ficar se explicando. Resultado disso? Pode ser que ninguém note ou pode ser que vejam o quanto você está diferente e este é o momento de falar de fato o que você fez. A chance de sucesso é maior quando você não fica espalhando aos quatro ventos as suas escolhas até que elas não estejam bem internalizadas por você mesmo.

É incrível e você talvez já tenha passado por isso. Basta dizer que está de dieta ou que cortou o açúcar, por exemplo, que parece que as pessoas começam a te oferecer, inclusive presentear, justamente com alimentos que você não quer mais consumir. Haja foco. Acredite em mim, depois de dizer muitos nãos as pessoas param e você vai conseguir seguir o que tanto quer. O importante é você saber o que quer e saber onde quer chegar. Querer de verdade é metade do caminho, ultrapassar as pedras do caminho é a outra metade.

De uma oportunidade para você mesmo, de saber o potencial que tem aí dentro de você.

Afinal, você já conhece a melhor versão de si mesmo? Que tal se dar este presente de Natal?

Conte comigo para te ajudar.

Bjo da Nutri!

https://www.instagram.com/nutricionistasarahsimoni/

Comments are closed.